domingo, 21 de abril de 2019

De volta ao amor...




Ali de onde eu estava era fácil sentir e observar a força das marés. A intensidade das águas em seu ir e vir e a buscar na praia o que necessitava em seu íntimo.
Hipnotizada de encanto, por instinto eu mergulhei nas ondas daquele mar e me deixei levar pelo fluxo daquelas águas cristalinas que me convidavam a nadar.

A sensação de estar ali era envolvente e acolhedora, tanto que eu nem percebia mais o quanto eu me afastava da praia...




Mas de repente algo mudou... o tempo fechou e num desespero fui percebendo tantos rios que corriam para aquele mar, e confesso que eu tive muito medo de naquelas águas me afogar.






Me debati em águas turbulentas e sombrias que tentavam me enfeitiçar e busquei desesperadamente onde eu conseguisse me apoiar.



Para minha maior surpresa, depois de momentos de desespero, eu compreendi que estava em mim as forças para sair daquele caos e que aquela luta não fazia mais sentido.




Como mágica, a partir daquele instante de lucidez, novamente tudo se acalmou e fui sendo levada de volta a praia, pelas águas renovadas e límpidas do meu amor!


Tatiana Moreira

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Partir





Há segredos tão bem guardados
Que mantive em mim lacrado
Por vezes escorrem pelos dedos
Em busca de traços do passado

Não me cobrem maturidade
Dessa arte já desisti faz tempo
Sei que para o amor não há idade
Não cabe sofrer no contratempo

Por longos caminhos eu percorri
E de alguns fugi para não sucumbir
Em minhas fortes lutas renasci
E por elas precisei e preciso... Partir!


Tatiana Moreira



terça-feira, 16 de abril de 2019

Improviso



Sem ideia pregressa ascende um improviso
que sempre acompanha uma frase rimada
como menino fugaz que se esquece do siso
envolto em sonhos com a mulher desejada

já cansadas as palavras expressar não conseguem
aquilo que a mente e o corpo ressoam
tão cientes ou carentes do tal querer bem
pra um amor insepulto cantigas entoam

as badaladas de um relógio me fazem lembrar
as batidas errantes de nossos corações
ensinando ou mostrando que ainda é tempo de amar
contrapondo o real a esconder as emoções

mais adiante nos vejo num pulo, num salto
sobre as terras e mares do vão pensamento
anunciados no brado servil do arauto
renascidos nos braços de escol sentimento.


Nute








segunda-feira, 15 de abril de 2019

Amor...




Jamais esqueça:
Por eu não me amar como deveria
é que não soube te amar como você merecia!
Mas nunca deixou de ser amor...
Mesmo que marcado por dor!

 *
*

Tatiana Moreira




quinta-feira, 11 de abril de 2019

Caçador de Mim...






Por tanto amor, por tanta emoção
A vida me fez assim

Doce ou atroz, manso ou feroz
Eu, caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar longe do meu lugar
Eu, caçador de mim



Caçador de mim - Sergio Magrão e Luiz Carlos Sá



terça-feira, 9 de abril de 2019

...


Hoje o sol acordou mais cedo
Veio para aquecer a sua pele
Despertando-te do seu sono
Sussurrei meu pedido para ele
Que penetrasse a sua derme
Alcançando o seu o coração
Inspirando nele o meu bem querer
Animando-o com imensa paixão
...
Nessa vida não há nada melhor
Do que estar literalmente em Ti
Assim como estás em mim...
E perpetuar as boas ondas
Dessa magia que nos atrai
Lindo Anjo de olhos de mar
Obrigada por me embalar
Nas intensas ondas desse gostar!

...


Tatiana Moreira