quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Pergunta-me



Pergunta-me
se ainda és o meu fogo
se acendes ainda
o minuto de cinza
se despertas
a ave magoada
que se queda
na árvore do meu sangue

Pergunta-me
se o vento não traz nada
se o vento tudo arrasta
se na quietude do lago
repousaram a fúria
e o tropel de mil cavalos

Pergunta-me
se te voltei a encontrar
de todas as vezes que me detive
junto das pontes enevoadas
e se eras tu
quem eu via
na infinita dispersão do meu ser
se eras tu
que reunias pedaços do meu poema
reconstruindo
a folha rasgada
na minha mão descrente

Qualquer coisa
pergunta-me qualquer coisa
uma tolice
um mistério indecifrável
simplesmente
para que eu saiba
que queres ainda saber
para que mesmo sem te responder
saibas o que te quero dizer


Mia Couto 




Nas palavras do poeta Mia Couto
deixo os meus pensamentos ganharem força...
Quem sabe assim a minha inspiração volte!

Abraço carinhoso para todos



37 comentários:

  1. Lindos Versos..

    Passo e deixo meu carinho
    Deusssssskiajude
    Beijo
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. Ler é a melhor forma de se inspirar. bjos, Tati.

    ResponderExcluir
  3. Leio amor em seus versos.. tão bom!

    *--*

    Adorei.. tens muito talento!

    bjuu

    ResponderExcluir
  4. Lindo Tati!

    A inspiração é assim...
    As vezes nos abandona... As vezes não nos dá trégua!rsrsrs...
    ela voltará querida!

    Belo post.

    bjs,

    ResponderExcluir
  5. Oi querida amiga Tatiana!
    Vim lhe ler, o que o faço com bastante gosto.

    Fica com Deus e um beijo bem grande em seu coração.

    ResponderExcluir
  6. Olá, amiga, Tatiana. VC nunca falta inspiração. È muito bom estár aqui e ler seus lindos versos. Obrigada amiga pelo carinho e tenha um lindo dia amanhã!Bjos com muito carinho e muita luz!! Bela canção.

    ResponderExcluir
  7. Lindo e profundo verso
    Minha querida, tua inspiração bate a porta, deixe que ela entre e permaneça dentro de ti.

    Sempre muito bom estar aqui.

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  8. Bom Dia Tati, lindo post. Espera que a inspiração virá, não se pode ser poeta 24h ne. Espero que quando venha , venha com tudo e escreva mil poemas, rsrsrs. Tenha um lindo dia e que ele te de muita luz. bjus.

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo! Bela escolha!beijos,tudo de bom!chica

    ResponderExcluir
  10. Tatiiiiiiii minha amiga de coração inspiradíssimo. Explica como você não está inspirada se nos trouxe um poema maravilhoso cheinho de sentimentos?
    Você mesma nos diz que as fases da vida servem para nos trazer mais e mais aprendizados. Tudo passa e fica o que é verdadeiro. Né?
    Li o livro que você me deu e estou apaixonada por ele, a história é maravilhosa. Obrigada Tati!
    Fica com Deus e a minha eterna amizade!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  11. Lindo demais este poema querida...e quanto a sua inspiração... continua aí...dentro de você, basta liberta-la...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  12. Oi Tati!! Essas muitas perguntas para as quais nem sempre temos as respostas! Excelente escolha de texto, como disse meu mano Eder, enquanto a inspiração não vem vamos lendo! Um beijinho, Deia.

    ResponderExcluir
  13. Show de bom gosto, Tati! Poema refinado. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Palavras lindas! Adorei "Pergunta-me
    se ainda és o meu fogo" essa com certeza é minha cara heheh'
    Quando puder dê uma passadinha lá no meu blog! http://psmylove4ever.blogspot.com
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Curtí pra caramba esse poema!!!!
    Eu tô passando por um monte de paradas na minha vida e esses poema me fez pensar!!!!
    Vou tentando manter um sorrido pra pelo ao menos não me destruir pelos q outras pessoas dizerem!!!
    não sei se isso vai me ajudar mas espero q sim!!!!
    demais o poema!!!
    gosto muito de seu blog!!!!

    ResponderExcluir
  16. Olá poetisa Tatiana, que tudo permaneça bem contigo, sempre!

    E se você me perguntar se gosto das postagens que por cá encontro esteja certa de que sempre vou responder sim.
    Belo poema este, e deveras são as semelhanças com teus escritos, tanto nos sentimentos expressos quanto nos temas. Assim é você, com tua sensibilidade mesmo quando posta escritos de outro autor, escolhe os de simplicidade e amor que encanta tanto quanto os teus neste teu belo espaço simplesmente recheado de amor, parabéns! E aproveitando estar de regresso meu pc, deixo por cá meu desejo que você e todos ao redor tenham intenso e feliz viver, e agradecido por sempre de tuas visitas e comentários sempre gentis e carinhosos, eu deixo também abraços e, até mais!

    ResponderExcluir
  17. Oi linda!
    Lindo post...
    Tua inspiração já está aí, só a escolha do poema já diz tudo.
    Perfeito.

    Bjos e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  18. Tatiana,

    Belo poema do Mia Couto.
    As respostas... são tão evidentes!...


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  19. Maravilhosas palavras de Mia Couto.

    Boa inspiração para vc Tatiana!

    Bj

    Rui

    ResponderExcluir
  20. Ser recebida com palavras de Mia Couto, nesta noite de sexta é um maravilhoso presente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Oi minha linda. Inspiração é assim mesmo, as vezes, nos inunda tanto que derrama, e em outras, nos deixa a míngua, feito retirantes no sertão... Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Bom dia, Tati!

    Nosso antigo blog – Nuestro Cielo – infelizmente foi invadido e completamente excluído, o que nos obrigou a criar outro novamente.
    Pedimos desculpas pela confusão. 
    Aqui está o link do novo blog:

    http://nuestrociello.blogspot.com

    Esperamos poder nos encontrar por lá novamente.

    Beijos carinhosos!

    Wilson e Sanzinha

    ResponderExcluir
  23. Oi amiga Tatiana,
    belos versos!
    E igualmente uma bonita imagem que abre o poema.

    Grande abraço e muit paz!

    ResponderExcluir
  24. Olá querida amiga Tatiana, tudo bem?
    Como tinha prometido, aqui estou neste lindo espaço que tinha muitas saudades. O meu antigo BLOGUE, "PALAVRAS QUE FALAM", não tenho acesso a fazer postagens, por ter perdido a palavra passe. E como não consegui reaver a mesma, criei outro blogue, "PALAVRAS AO VENTO", para assim poder novamente postar os meus poemas e visitar os meus amigos, que tantas saudades sinto. Espero que gostes!

    Adorei este teu poema! Muito lindo!

    Beijocas de carinho e amizade.

    ResponderExcluir
  25. Oi,amiguinha(achei legal seu blog),visite/siga o Blog do XANDRO(meu blog para retribuir o carinho)vc vai gostar!;)

    http://blogdoxandro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. É melhor não saber qual sera seu ultimo momento ... deixe que cada pedaço do seu ser mantenha-se vivo ... em mistério ... no infinito de si!

    Tenho evitado dar voz as perguntas e até recebe-las ... tenho medo das respostas ...

    Mas atendendo ao poema e ajudando a refletir farei uma pergunta: Se o Cateto oposto de uma hipotenuza, cujo Ângulo adjascente ... viu perguntas so complicam tudo huahauhauaha ... abraços Tatiana ... boa semana. Otima postagem!

    ResponderExcluir
  28. Cada vez mais precisamos falar!
    Dois monólogos nunca serão um diálogo.

    ResponderExcluir
  29. Olá querida amiga. Venho desejar-te um resto de terça feira muito feliz.

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  30. Querida tem um selinho pra você no meu blog.
    Beiijos

    ResponderExcluir
  31. Lindos versos...
    Tua inspiração vai voltar sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Certamente, há de voltar com estes versos muito bem escolhidos!!
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  33. olá querida!

    lindo versos!

    entendo perfeitamente
    pois estou passando por isso!
    a palavra chave é paciência!
    um abração!

    ResponderExcluir
  34. Ouça com o coração quando quase lhe parecer silêncio: é o meu amor falando baixinho só pra não acordar o seu medo de amar...

    Ana Jácomo

    Beijos poéticos....M@ria

    ResponderExcluir
  35. a inspiraçao e uma coisa que nasce tao derepente, eu admiro os texto do mia o cara e bom, mais tipo sua inspiraçao vai voltar, as vezes ela some do nda voce fica meio perdido mais quando volta ela volta com tudo e escreve textos lindos como voce sempre escreve
    tenha um dia bem especial e uma
    otima sexta pqee hj tem festa \o/
    bjusssss

    ResponderExcluir
  36. Volta sim, Tatiana! A tua inspiração volta... e certamente, haverá de ser com requinte.

    Acredito que vez ou outra [e digo por experiência própria], todos passamos por momentos assim, em que as palavras parecem não encontrar a veia para fluir.

    Beijos, fique bem!

    ResponderExcluir
  37. Querida amiga. Passei por este teu lindo cantinho, para te dar um beijinho e desejar-te um bom fim de semana!

    Mário

    ResponderExcluir

Fico feliz que você esteja aqui...
Aproveite e deixe uma mensagem para mim!
Um abraço carinhoso!