sábado, 13 de julho de 2019

Simplesmente Amor vive....




Simplesmente Amor vive.... Em algum lugar.... Em algum espaço apaixonado em que a gente se permita estar.... Espalhando raízes em terras férteis que nos faz crescer e florescer!
O Amor tem esse poder de nos aconchegar, de nos fazer vibrar em sintonias muito maiores do que pudéssemos imaginar!
Chegou e jogou luz em minhas sombras e escuridões.... Aos poucos vai dissolvendo os meus medos e inseguranças e fortalecendo a minha coragem em tantas verdadeiras entregas...
Creio que somente agora, de fato, corpo, alma e coração.... Eu compreenda, sinta e vibre o que é o verdadeiro Amor! Esse sentimento bom que nos faz querer amanhecer e ser cada dia melhor, mais humano, mais integro, mais dele, mais nosso! O Amor nos faz construir moradas e alicerça-las em bases que o leve as alturas.... Ao infinito e além.... É dádiva e nos faz luz!

Sou grata a você que nunca partiu e jamais me deixou! Sou sua!

Tatiana Moreira




sexta-feira, 28 de junho de 2019

Eu preciso falar do meu amor...


Eu preciso falar do meu amor...
Desse querer crescente...
Dessa loucura que toma conta da gente
e nos faz provar de uma paixão latente

Eu preciso falar do meu Amor...
que me encanta a cada gesto...
Que em mim se entrega de imediato
em emoções em todos os atos...

Eu preciso falar do meu Amor...
Que a anos caminha comigo...
Que me acolhe e dá abrigo
Meu ser de luz... Meu Amigo!

Eu preciso falar do meu Amor...
Que me encoraja a ser forte
Que diariamente prova que me ama
Que canta e me encanta...
Que me tem e mais ninguém!


Eu preciso falar para o meu Amor...
Eu te amo infinitamente!



Tatiana Moreira




domingo, 23 de junho de 2019

O amor reverbera e movimenta o mundo!



A força de uma história quando ela precisa acontecer... Exala de nós.... Recria-se... Se inspira... Transparece... Encanta!

Em letras, frases, reticências, parágrafos, contos, canções, travessões, sons, vozes, silêncios, confissões...

Em fins, que se tornam recomeços...

A força de uma história de amor não está intrínseca somente nos personagens principais...

Está em tudo o que os cerca, pois, o amor reverbera e movimenta o mundo!


Tatiana Moreira



sábado, 8 de junho de 2019

Eu me perdi de mim...


Eu poderia dizer milhões de palavras...
Mas nada conseguiria traduzir
o vazio do que estou sentindo...

Minhas forças estão minando dia após dia...
Me faltam palavras...
Me fecho em meus sentimentos e emoções!


Lateja no peito uma dor que rouba os sentidos...

Martirizo num duelo entre a razão e a emoção...


Sinto que perdi essa batalha...
Sinto que eu me perdi de mim...



Tatiana Moreira


 

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Permita-se





Permita que eu te toque aonde dói

E com amor te cure o que corrói!
Permita que minhas palavras te fortaleçam
E com carinho elas te acolham!
Permita que tudo em nós faça sentido
E que em mim você tenha abrigo!
Permita... apagar as sombras do passado
E no seu íntimo ser abençoado!
Permita que a luz te toque a alma
E em Ti tudo se faça calma!
Permita-se: Renascer!
E nesse mundo melhor: Viver!


Tatiana Moreira


domingo, 19 de maio de 2019

O amor em mim...


O amor que existe em mim...
É algo que transcende o corpo
O amor que eu sinto é o de alma
É olhar com compaixão o meu próximo,
Ver nele alguém que também sou
É não ser indiferente a sua dor
É compreender as suas angústias
É poder olhar nos olhos de quem falo
É tocar nas mãos de quem precisa
É pacificar a dor de quem necessita
Meu jeito de dizer que te amo
Está na forma como lido com tudo
Está no cuidado que dedico à natureza
Está na atenção que tenho aos animais
Está no respeito que mantenho por todos
Assim... Falo de amor!
Assim... Dedico o amor!
Assim... Expresso o amor!
Somente assim...
Transmito o que transborda em meu coração
Dedicando ao próximo e a vida, o meu amor sincero.




Tatiana Moreira


segunda-feira, 13 de maio de 2019

Livre...



Sou livre até mesmo quando eu me prendo

Mas, as surpresas da vida trazem desalento

Permanece na memória o que tenho apreço

Ironia do destino que me enlaça e desconheço



Nessa liberdade que me pego vivenciando

Torno livre quem eu necessito ter por perto

Quem sabe volte... Se achar que eu mereço

Ou mesmo se afaste... Assim eu o esqueço



Dou-lhe autonomia até mesmo antevendo

Que não acabará a raiz desse sentimento

Penso que só paixão traz tanto embaraço

Que no âmago da alma ocupa tanto espaço



Sou livre... Deixo livre... E estou sobrevivendo

Afasto do corpo o que carrego em pensamento

Desvio da mente o mundo que não pertenço

Força para esquecer. Ao meu coração, eu peço!



Tatiana Moreira


quinta-feira, 2 de maio de 2019

Diz o meu nome



Diz o meu nome
pronuncia-o
como se as sílabas te queimasse os lábios
sopra-o com a suavidade
de uma confidência
para que o escuro apeteça
para que se desatem os teus cabelos
para que aconteça

Porque eu cresço para ti
sou eu dentro de ti
que bebe a última gota
e te conduzo a um lugar
sem tempo nem contorno

Porque apenas para os teus olhos
sou gesto e cor
e dentro de ti
me recolho ferido
exausto dos combates
em que a mim próprio me venci

Porque a minha mão infatigável
procura o interior e o avesso
da aparência
porque o tempo em que vivo
morre de ser ontem
e é urgente inventar
outra maneira de navegar
outro rumo outro pulsar
para dar esperança aos portos
que aguardam pensativos

No úmido centro da noite
diz o meu nome
como se eu te fosse estranho
como se fosse intruso
para que eu mesmo me desconheça
e me sobressalte
quando suavemente
pronunciares o meu nome


Mia Couto



terça-feira, 30 de abril de 2019

Quando você chegou...






Quando você chegou
Pressenti que seria para ficar
Temos tanto em comum
Que nem dá para disfarçar
Trouxeste para os meus dias
Nuance de todas as cores
E canções que embalam
Sentimentos no mesmo tom
Devolveste a inspiração sagrada
Que desperta meu verdadeiro dom
Conjugamos juntos amizade e amor
Enriquecendo a vida do que é bom
Cá dentro guardo-te protegido
Nos meus poemas, notas e som



Tatiana Moreira



domingo, 28 de abril de 2019

...





“Acho que há duas forças na terra

com as quais nunca se deve ir contra: 

Uma é a mãe natureza,

a outra é o amor.”



sábado, 27 de abril de 2019

Amor...




Estou mergulhada nessa aventura do Amor Próprio!
Quero diariamente me resgatar e ressignificar!
Quero pode olhar sem medo para as minhas sombras e dizer a elas: Eu vejo vocês... e isso já não me assusta mais!
Quero poder amanhecer o amor que dorme do peito e deixa-lo brilhar iluminando ainda mais esse mundo!
Quero ajudar quem caminha comigo.... Quero poder te olhar nos olhos e dizer: Vamos juntos Amigo!


Tatiana Moreira



domingo, 21 de abril de 2019

De volta ao amor...




Ali de onde eu estava era fácil sentir e observar a força das marés. A intensidade das águas em seu ir e vir e a buscar na praia o que necessitava em seu íntimo.
Hipnotizada de encanto, por instinto eu mergulhei nas ondas daquele mar e me deixei levar pelo fluxo daquelas águas cristalinas que me convidavam a nadar.

A sensação de estar ali era envolvente e acolhedora, tanto que eu nem percebia mais o quanto eu me afastava da praia...




Mas de repente algo mudou... o tempo fechou e num desespero fui percebendo tantos rios que corriam para aquele mar, e confesso que eu tive muito medo de naquelas águas me afogar.






Me debati em águas turbulentas e sombrias que tentavam me enfeitiçar e busquei desesperadamente onde eu conseguisse me apoiar.



Para minha maior surpresa, depois de momentos de desespero, eu compreendi que estava em mim as forças para sair daquele caos e que aquela luta não fazia mais sentido.




Como mágica, a partir daquele instante de lucidez, novamente tudo se acalmou e fui sendo levada de volta a praia, pelas águas renovadas e límpidas do meu amor!


Tatiana Moreira

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Partir





Há segredos tão bem guardados
Que mantive em mim lacrado
Por vezes escorrem pelos dedos
Em busca de traços do passado

Não me cobrem maturidade
Dessa arte já desisti faz tempo
Sei que para o amor não há idade
Não cabe sofrer no contratempo

Por longos caminhos eu percorri
E de alguns fugi para não sucumbir
Em minhas fortes lutas renasci
E por elas precisei e preciso... Partir!


Tatiana Moreira



terça-feira, 16 de abril de 2019

Improviso



Sem ideia pregressa ascende um improviso
que sempre acompanha uma frase rimada
como menino fugaz que se esquece do siso
envolto em sonhos com a mulher desejada

já cansadas as palavras expressar não conseguem
aquilo que a mente e o corpo ressoam
tão cientes ou carentes do tal querer bem
pra um amor insepulto cantigas entoam

as badaladas de um relógio me fazem lembrar
as batidas errantes de nossos corações
ensinando ou mostrando que ainda é tempo de amar
contrapondo o real a esconder as emoções

mais adiante nos vejo num pulo, num salto
sobre as terras e mares do vão pensamento
anunciados no brado servil do arauto
renascidos nos braços de escol sentimento.


Nute








segunda-feira, 15 de abril de 2019

Amor...




Jamais esqueça:
Por eu não me amar como deveria
é que não soube te amar como você merecia!
Mas nunca deixou de ser amor...
Mesmo que marcado por dor!

 *
*

Tatiana Moreira




quinta-feira, 11 de abril de 2019

Caçador de Mim...






Por tanto amor, por tanta emoção
A vida me fez assim

Doce ou atroz, manso ou feroz
Eu, caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar longe do meu lugar
Eu, caçador de mim



Caçador de mim - Sergio Magrão e Luiz Carlos Sá



terça-feira, 9 de abril de 2019

...


Hoje o sol acordou mais cedo
Veio para aquecer a sua pele
Despertando-te do seu sono
Sussurrei meu pedido para ele
Que penetrasse a sua derme
Alcançando o seu o coração
Inspirando nele o meu bem querer
Animando-o com imensa paixão
...
Nessa vida não há nada melhor
Do que estar literalmente em Ti
Assim como estás em mim...
E perpetuar as boas ondas
Dessa magia que nos atrai
Lindo Anjo de olhos de mar
Obrigada por me embalar
Nas intensas ondas desse gostar!

...


Tatiana Moreira

quinta-feira, 4 de abril de 2019

No mar do seu olhar




Diante da imensidão de suas águas
Confesso que às vezes eu sinto medo
Penso algumas vezes em recuar...
Mas há algo nesse mistério que me atrai
Que me faz cada vez mais aproximar
Observo seus momentos de transparência
Descubro e alimento de ti cada gota
Afasto quando suas águas ficam turbulentas
E impedem a minha visão de te enxergar
(Despertando o meu receio de mergulhar!)



 Porém a maré alta novamente vem me buscar
Trazendo-o de volta a nutrir o meu leito
Não consigo nadar contra a correnteza
Entrego-me ao fluir que me envolve inteira
É nítido... Não há como disfarçar...
Que nesse ir e vir das nossas ondas
O meu rio sempre corre para o seu mar
Atraindo-me completamente rendida
Dentro do mar do seu olhar!


Tatiana Moreira