terça-feira, 16 de abril de 2019

Improviso



Sem ideia pregressa ascende um improviso
que sempre acompanha uma frase rimada
como menino fugaz que se esquece do siso
envolto em sonhos com a mulher desejada

já cansadas as palavras expressar não conseguem
aquilo que a mente e o corpo ressoam
tão cientes ou carentes do tal querer bem
pra um amor insepulto cantigas entoam

as badaladas de um relógio me fazem lembrar
as batidas errantes de nossos corações
ensinando ou mostrando que ainda é tempo de amar
contrapondo o real a esconder as emoções

mais adiante nos vejo num pulo, num salto
sobre as terras e mares do vão pensamento
anunciados no brado servil do arauto
renascidos nos braços de escol sentimento.


Nute








20 comentários:

  1. Tatibitate eu fui lendo e me encantando com esse doce querer que mesmo de improviso nos faz torcer muito para o romance!
    Beijos com saudades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathy... gratidão pelo carinho em meus blogs!
      Você é uma pessoa rara!
      De fato é uma bela poesia, vinda de um coração rico e poeta!
      Estava entre os meus guardados...
      Beijos com o meu carinho

      Excluir
  2. Gostei de ler mto bonito
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Fumar Ganzas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Também considero uma rica criação!
      Um abraço carinhoso

      Excluir
  3. Um improviso desses é para abalar as estruturas de um coração.
    Poesia requintada, de e para quem, sabe o que lê, sente e escreve.
    O autor tem blogue?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De certo que sim... O poder dos poetas é algo a se estudar!
      Não sei se o autor tem blog, mas considero que pelo rico dom, deveria ter!
      Gratidão pelo comentário e visita!

      Excluir
  4. Que lindo
    Gostoso de ler e sentir tanto poemar lindo.
    Beijinhos no coração e grata por sua doce visita .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que eu também gostei muito! Gosto quando algo me toca a alma!
      Que possamos sempre nos visitar e manter o carinho!
      Beijo

      Excluir
  5. A gente sempre torce para tudo dar certo no final...

    Beijinhos, flor!

    Proseando num dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Cléo... Torcida é o que não falta! rsrs
      Mas a vida tem os seus propósitos!
      Um beijo carinhoso

      Excluir
  6. Oi Tatiane,
    Fiquei com saudades
    Gostei do improviso todo rimadinho.
    Oi Tatiane, eu já tive muitos convites, mas eu não vendo sonhos eu dôo sonhos.
    Eu tenho 3 estantes grandes de livros de tipos variados desde os clássicos até os mais simples.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Dorli... como a nossa amizade vem se fortalecendo... queria te pedir que tire o E e acrescente o A no final do meu nome kkkk - TatianA!
      Eu amo ler e também tenho vários... herdei esse bom hábito do meu pai e de minha madrinha!
      Super beijo para você

      Excluir
  7. Linda poesia compartilhada! beijos,tudo de bom,chica e desde já, feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente bela... Vale sempre a pena ler e reler!
      Um abraço carinhoso

      Excluir
  8. Que poema lindo, me cativou do início ao fim!

    Abraço e ótima semana
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    P.S: Estou colocando seu blog na minha guia de Leio E Recomendo. Passa lá para ver depois. Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rapha!
      É bonito mesmo, esse poeta é muito fera!
      Gratidão pela menção! O seu também estará aqui!
      Um beijo carinhoso

      Excluir
  9. Respostas
    1. Intensamente belo!
      Obrigada e feliz páscoa para você e todos os seus familiares também!
      Um abraço carinhoso

      Excluir

Fico feliz que você esteja aqui...