quinta-feira, 18 de abril de 2019

Partir





Há segredos tão bem guardados
Que mantive em mim lacrado
Por vezes escorrem pelos dedos
Em busca de traços do passado

Não me cobrem maturidade
Dessa arte já desisti faz tempo
Sei que para o amor não há idade
Não cabe sofrer no contratempo

Por longos caminhos eu percorri
E de alguns fugi para não sucumbir
Em minhas fortes lutas renasci
E por elas precisei e preciso... Partir!


Tatiana Moreira